0 produtos   –   0,00 €

Carrinho de Compras ×

Não existem produtos no carrinho


As maiores dúvidas sobre sexo anal respondidas

Escrito em 20 de Jan. de 2015


A prática do sexo anal é cercada de mitos e dúvidas.. Desde questões relacionadas ao prazer até o risco de contrair doenças, as perguntas são diversas. Para ajudar a desmistificar esta prática sexual, citamos o proctologista Alexandre Sakano e o urologista, sexólogo e terapeuta sexual Celso Marzano, autor do livro “O Prazer Secreto” (Editora Eden).

Por que os homens gostam tanto de sexo anal?

É justamente a relutância de algumas mulheres em aceitar o sexo anal que desperta a curiosidade dos homens. E tem a questão fetiche: a posição de dominação masculina é outro fator que contribui para a preferência deles. Além disso, o ânus é um orifício mais apertado que a vagina, e por isso a sensação do sexo anal é diferente da sensação do sexo vaginal.

Posso contrair doenças fazendo sexo anal?

As chances de contrair alguma doença fazendo sexo anal sem proteção são grandes. O ânus é uma região muito contaminada pela presença de fezes, e essas bactérias são nocivas quando em contato com outras áreas do corpo. Além disso, a mucosa do reto é muito absorvente. Podem acontecer infecções e diversas doenças sexualmente transmissíveis (DST), tanto em quem penetra quanto em quem é penetrado. Para evitar doenças, o uso do preservativo é imprescindível, bem como lubrificante à base de água, que mantém a camisinha em bom estado e evita lesões na pele. E atenção: não pode usar a mesma camisinha para penetrar no ânus e depois na vagina. A camisinha infectada por bactérias pode causar problemas na mulher. Além disso, é preciso que homem e mulher lavem as partes íntimas após o sexo anal.

Posso usar pomada anestésica para fazer sexo anal?

Não é recomendável. A pomada anestésica diminui a sensibilidade do ânus, causando perda parcial de controle – é arriscado não perceber um possível excesso de força na penetração. Vale lembrar que a pomada só anestesia a mucosa, mas não ajuda a relaxar o músculo do ânus, chamado esfíncter. O sexo anal só é bacana quando as duas partes querem fazer, com a mulher relaxada e descobrindo novas formas de excitação e prazer. Para evitar desconforto, a dica de sempre: lubrificante e carinho.

O ânus pode se alargar depois de fazer sexo anal?

Não. A abertura do ânus é controlada por um músculo chamado esfíncter, que relaxa ou se contrai conforme a necessidade. O esfíncter não perde a força por causa do sexo anal. A única possibilidade de “alargamento” do ânus é caso o músculo se rompa, mas a prática de sexo anal não causa rompimento.

Sexo anal causa hemorroidas?

Não. Hemorroidas são como varizes, veias da região do ânus que se dilatam. Algumas pessoas têm tendência a hemorroidas, e para essas pessoas a prática de sexo anal pode piorar a situação. Para quem já tem hemorroidas, o sexo anal pode ser desconfortável e causar dor e sangramento. Mas o sexo anal não é causador de hemorroidas.

Posso alternar entre sexo anal, oral e vaginal?

É muito perigoso fazer sexo oral ou vaginal depois de fazer sexo anal. O que é penetrado no ânus não deve ser penetrado em nenhum outro lugar, pois os resíduos de fezes e secreções são muito contaminados. E não basta trocar o preservativo, já que as secreções podem se espalhar pela base do pênis e pelos testículos. Depois do sexo anal, se o casal desejar continuar transando, tem de lavar as partes íntimas cuidadosamente, com água e sabão.

Como evitar que apareçam resíduos fecais ou flatulência durante ou depois da relação?

Para diminuir a possibilidade de aparecerem resíduos fecais o ideal é evacuar antes da relação sexual e fazer uma boa higienização da área anal. Além disso, é possível fazer uma lavagem do canal anal, usando enema, um produto vendido em farmácias. A lavagem caseira, feita com “chuveirinho” não é adequada, pois pode causar danos ao canal anal. A flatulência é mais difícil de evitar. Acontece porque durante a relação sexual a musculatura do ânus fica relaxada, e com os movimentos de vai e vem pode entrar ar no reto, causando flatulência.

É possível sentir prazer com sexo anal? Qual a melhor posição?

É possível, e há mulheres que alcançam o orgasmo com penetração anal. Para o sexo anal ser prazeroso para a mulher, é importante que seja feito sem pressa e com muito cuidado. O parceiro deve começar introduzindo o dedo no ânus, usando bastante lubrificante, para o relaxamento do esfíncter. A mulher deve estar relaxada e confiante antes da penetração. Ao mesmo tempo em que acontece a penetração anal o parceiro deve estimular seu clitóris, seus seios, ou a mulher mesmo pode se masturbar. Uma posição recomendada é a “colher”, em que a mulher fica deitada de lado e de costas para seu parceiro. Esta posição costuma ser mais confortável para a mulher do que a popular “cachorrinho".